fbpx

Conheça os tipos de suspensão automotiva

Tempo estimado para leitura: 2 minutos

Existem diversos tipos de suspensão no mercado. Dentre elas, há a fixa, ar e a de rosca. Conheça as diferenças entre elas!

A principal função da suspensão é absorver os impactos e esforços gerados pela pista de rodagem. Mas, o que muita gente não sabe é que existem diversos tipos de suspensão disponíveis no mercado. Continue lendo e saiba quais são eles e como é feito o alinhamento de cada uma delas.

Suspensão Fixa ou Esportiva

Nesse tipo de suspensão o conjunto é composto por amortecedores e molas preparadas que permitem baixar o veículo mantendo a dirigibilidade, conforto e segurança. Por essa característica, ele é muito utilizado em veículos esportivos. Além disso, esse conjunto permite que a altura do carro seja regulada para garantir o tamanho ideal.

Suspensão a Ar

O sistema de suspensão a ar é composto por bolsas de ar que substituem as molas do veículo. O circuito ainda é composto por tanque do ar comprimido (cilindro), solenoides, manômetro, mangueiras e compressor.

O sistema pode ser controlado por sensores ou pelo motorista por meio de um controle remoto. Já as bolsas podem ser infladas para elevar a altura ou desinfladas para abaixar o veículo.

O sistema de suspensão a ar é muito comum em carros esportivos.

Suspensão de Rosca

No tipo de suspensão de rosca, a regulagem da altura do veículo é feita de forma manual, por meio de um mecanismo com tubo enroscado e flange, semelhante a porcas e parafusos, que elevam ou rebaixam as molas.

Semelhanças

Apesar das diferenças entre os tipos de suspensão automotiva, elas também possuem semelhanças. Veja alguns mitos e verdades sobre as suspensões logo abaixo:

A suspensão aumenta a vida útil do carro e garante mais segurança?

A suspensão é um item de segurança ativa no veículo. Se ela não existisse, a vida útil do automóvel diminuiria drasticamente devido aos fortes impactos sofridos.

Carregar peso desnecessário pode comprometer a suspensão?

Sim! Devemos evitar carregar peso inútil com frequência. Para veículos blindados e que portanto, tem peso extra, é recomendável adiantar a revisão em 10 mil km de todos os componentes do automóvel.

A suspensão pode desgastar os pneus?

Caso os componentes da suspensão estejam comprometidos, a não substituição deles pode ocasionar desgaste acentuado dos pneus.

Alguma dúvida em relação a suspensão do seu veículo? Fale com a gente, ou se preferir, comente aqui no blog que responderemos em breve.

Gostou da leitura? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *